Home Apple trabalha no desenvolvimento de uma Siri com tecnologia de leitura labial
Notícias

Apple trabalha no desenvolvimento de uma Siri com tecnologia de leitura labial

Daniele Savietto

A assistente ativada por voz da Apple, a Siri, pode estar prestes a receber uma atualização significativa.  Isso porque a empresa entrou com um pedido de patente que sugere que está explorando a tecnologia de leitura labial.

A patente, intitulada “Detecção de Palavras-chave por Meio de Sensoriamento de Movimento”, revela que a Apple está investigando o uso de sensores de movimento em seus dispositivos. Assim como AirPods e óculos inteligentes, para identificar os movimentos e vibrações labiais que correspondem a palavras ou frases específicas.

Ao contrário das palavras de ativação tradicionais baseadas em áudio, como “Ei Siri”, essa nova abordagem poderia melhorar a vida útil da bateria e aprimorar a privacidade do usuário. Além disso, ela eliminaria a necessidade de gravar continuamente as entradas de voz.

Os Desafios e Obstáculos Potenciais

A Apple reconhece que, apesar dos benefícios, a implementação da tecnologia de leitura labial traz consigo alguns desafios significativos. A gigante da tecnologia afirma que seria necessário uma quantidade substancial de dados para correlacionar com precisão vibrações e movimentos da cabeça com palavras específicas.

Contudo, essa coleta de dados suscita preocupações com a proteção de dados. Isso porque poderia incluir informações pessoais que potencialmente poderiam identificar ou localizar indivíduos. A patente da Apple sugere a possibilidade de permitir que os usuários bloqueiem ou limitem o acesso a essas informações pessoais, visando abordar tais preocupações.

A Apple tem uma trajetória de apresentar pedidos de patentes que podem não se materializar em produtos ou recursos reais.

A patente da Apple se concentra em melhorar o reconhecimento de fala para usuários de iPhone. No entanto, a patente não menciona planos para usar a tecnologia como um recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva.

Dessa forma, o objetivo principal da Apple parece ser a melhoria das capacidades de reconhecimento de fala, em vez de fornecer assistência direta a indivíduos com problemas de audição.

Ademais, é importante lembrar que a publicação de uma patente não garante necessariamente a efetiva implementação da tecnologia.

Especulações – Ser ou Não Ser?

Especialistas do setor especulam que a Apple pode não estar fazendo investimentos significativos na integração de mais inteligência artificial (IA) em seus produtos no futuro próximo. No entanto, com a tecnologia em constante evolução, surpresas ainda podem estar reservadas.

A eventual inclusão de habilidades de leitura labial poderia reforçar a funcionalidade da Siri e lidar com as preocupações sobre suas capacidades de IA estarem ficando atrás de seus concorrentes.

Embora permaneça incerto se a Apple irá avançar com esse conceito, a patente indica os contínuos esforços de pesquisa e desenvolvimento da empresa.

As possibilidades dessa tecnologia são fascinantes, porém é necessária uma consideração cuidadosa das preocupações com a privacidade dos dados e a acessibilidade.

Assim como muitas outras empresas, a Apple enfrenta o desafio de equilibrar inovação e conveniência com a proteção das informações pessoais dos usuários e a aderência aos requisitos regulatórios.

Resumindo, a exploração da tecnologia de leitura labial pela Apple por meio de sensores de movimento merece reconhecimento. Diz-se que esse desenvolvimento intrigante poderia ter implicações para as capacidades de reconhecimento de fala da Siri.

Entretanto, críticos argumentam que a implementação de tal tecnologia ainda está por ser determinada. Portanto, os usuários da Apple não têm outra alternativa senão ter paciência para ver o que acontecerá a seguir.

The Tech Report - Editorial ProcessNosso processo editorial

A política editorial do Tech Report é centrada em fornecer conteúdo útil e preciso que ofereça verdadeiro valor aos nossos leitores. Trabalhamos apenas com escritores experientes que possuem conhecimento específico nos tópicos que cobrem, incluindo os últimos desenvolvimentos em tecnologia, privacidade online, criptomoedas, software e muito mais. Nossa política editorial garante que cada tópico seja pesquisado e selecionado por nossos editores internos. Mantemos padrões jornalísticos rigorosos e cada artigo é 100% escrito por autores reais.

Daniele Savietto

Daniele Savietto

Daniele Savietto é especialista em tecnopolíticas e sistemas de desinformação, com profundo entendimento da indústria de criptomoedas e mídia digital.

Graduada em Comunicação, possui mestrado em Jornalismo e pós-graduação em Comunicação e Mídia. Atualmente está cursando doutorado e sua pesquisa possui como foco as relações midiáticas.

Além de ter sido um investidor ativo, Daniele traz consigo anos de experiência. Apaixonada pelo papel transformador que a tecnologia pode ter na sociedade, suas habilidades de pesquisa e escrita destacam-no como um especialista na área, fornecendo informações detalhadas e bem fundamentadas sobre as últimas novidades no mundo da criptomoeda, cibersegurança e muito mais!